por Alessandra Espanha

É comum que em casa tenhamos atitudes mais descontraídas, despreocupadas com as regras de etiqueta, mas não podemos nos portar da mesma forma em todos os lugares. A etiqueta social está relacionada a diversos aspectos da vida em sociedade: vestimentas, gestos, linguagem corporal, verbal e cumprimentos, podendo ser considerada sinônimo de educação, elegância, cordialidade e respeito.

Apesar de diferente em cada lugar do mundo, o conjunto de regras de etiqueta social é considerado sempre uma expectativa e um dever a ser cumprido, ensinado e preservado. Além disso, algumas regras não devem ser esquecidas.

Confira algumas dicas:

– Em um restaurante, se você convidou, antes de pedir os pratos ou o vinho, pergunte ao seu convidado se ele não quer sugerir alguma coisa. Isso é de bom tom.

– Ao ser convidado para a casa de alguém, envie flores ou leve uma caixa de bombons. Eu amo levar flores e bolos de sobremesa.

– Se vai viajar à China ou Japão, aprenda a comer com o par de hashi.

– Fora, ou até mesmo dentro do país, se no almoço para o qual foi convidado for servido em um prato desconhecido, coma mesmo sem gostar. E não procure saber do que é feito.

– Não é de bom tom aproveitar para fazer consultas grátis com um médico presente na festa.

– Caso protagonize cenas desagradáveis (ninguém está imune a isso), o convidado deve retirar-se discretamente após pedir desculpas aos anfitriões.

– Da mesma forma, se precisar sair mais cedo, despeça-se discretamente só dos donos da casa e saia à francesa.

– Nenhum convidado deve levar amigos sem antes perguntar se pode, e só deve fazer isso se tiver certeza de que tal pessoa se entrosará bem.

– Outra coisa que o convidado precisa ter é “desconfiômetro”. Se perceber sinais de cansaço dos anfitriões, deve despedir-se e retirar-se.

– No dia seguinte, sempre se telefona e cumprimenta os anfitriões pela festa. Assim manda a etiqueta. Eu envio um WhatsApp!

Vai aqui uma dica que funciona sempre:
Sendo convidado para almoçar ou jantar, sempre “pegue no mesmo garfo” que o anfitrião, ou seja, observe como ele se comporta e siga o exemplo dele. Sempre dá certo!

É possível encontrar regras de etiqueta social para muitas situações, do âmbito público ao privado; do real ao virtual. Essas regras são memorizadas com a prática. Mas, em caso de dúvida, siga a regra do “menos é mais”: mantenha-se recatado e “sinta” o ambiente em volta para saber como interagir, evitando atitudes espalhafatosas e, consequentemente, constrangedoras.

PERFIL “WE”, cada um tem o seu e nós temos as melhores dicas. Acesse nosso canal no YouTube.com/PerfilWE e leia com exclusividade aqui no portal perfilwe.com.br

Agradeço aos parceiros:
Banana Filmes Produções.
Figurino Nana Kokaev (que você encontra com exclusividade na Loja Elisa Lucinda em Varginha).
Acessórios Juliana Galvão Design