por Alessandra Espanha

Rosa é a cor do amor. É também a cor da feminilidade. Por isso, ela foi escolhida para representar a luta mundial pela prevenção e a cura do câncer de mama.

A primeira referência ao “Outubro Rosa” é em 1990, quando o laço cor-de-rosa, que hoje representa a campanha, foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York e, desde então, promovida anualmente na cidade.

Na moda, o rosa está presente nos mais diferentes tons e situações. Os tons mais claros passam elegância e refinamento, mas dependendo da peça, também podem passar um pouco de infantilidade. Portanto, não é a cor mais indicada para entrevistas de emprego, por exemplo.

Tons de rosa mais “elétricos”, como o famoso “rosa choque”, tem sofisticação e dão um ar de modernidade. Quer ficar totalmente fashion? Vista uma calça pantalona rosa escuro e uma camisa branca. Vai parar o trânsito!

Vestidos rosa são o que há! Dependendo da modelagem e do tecido, eles vão dos eventos mais casuais aos mais sofisticados e chiques. É só ver o quão comum é a cor, em seus mais variados tons, nos tapetes vermelhos dos eventos pelo mundo inteiro (Oscar, Globo de Ouro, Grammy, Amfar etc.).

Estamos no fim do mês de outubro, mas ainda dá tempo de vestir rosa – um lenço está valendo – e apoiar a causa do câncer de mama!

Super beijo!
Alessandra Espanha

[new_royalslider id=”171″]

Deixe uma resposta

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.