por Alessandra Espanha

Na nossa série de vídeos sobre etiqueta em restaurantes, trazemos a quinta e penúltima dica com o tema: Atenção às crianças.

Levar um filho para comer fora pode ser uma experiência muito gostosa, ou simplesmente horrorosa. E não é preciso de muito para descobrir qual será o fim da história. Quer ver? Então responda algumas perguntas: o que seu filho faz quando está com fome? Quando está irritado com o ambiente? Quando não tem distrações e se cansa de uma mesma atividade? Provavelmente ficará impaciente, até o ponto do choro (para os menores) ou dos berros (para os maiores). E aí todo o passeio terá ido por água abaixo.

Além disso, não há nada mais desagradável do que ter a mesa balançada ou a cadeira esbarrada constantemente por crianças correndo pelo ambiente. Por isso, antes de chegar a um restaurante, pense nos seguintes passos para que a refeição em família seja prazerosa – sem crianças chorando e pais se descabelando.

– A escolha do local: é simplesmente fundamental. Prefira locais claros, arejados (crianças em geral não gostam de penumbra) e com serviço rápido. Aquele restaurante que você adora pode ter o melhor peixe da cidade, mas se os pratos costumam chegar em 40 minutos, vá sem filhos

– A companhia: sair com amigos ou familiares que também têm filhos pequenos costuma dar muito certo. Primeiro porque aquelas pessoas já estão acostumadas com a dinâmica de uma criança – comida caindo fora do prato, tentativas de se jogar da cadeira alta… E, claro, porque um distrai o outro, o que permite que você tenha alguns minutos de conversa à mesa.

– Os itens primordiais: especialmente até os dois anos, não se esqueça do carrinho, da mamadeira, da chupeta, e de tudo aquilo que faz seu filho se sentir confortável para dormir. Se seu bebê não dorme em restaurantes de forma alguma, respeite o limite de seu cansaço e saiba quando é a hora de ir embora.

– O horário: tirar uma criança de sua rotina tem um preço, e pagá-lo durante um almoço em público provavelmente não é uma boa decisão. Vão sair para comer? Prefira que isso aconteça no horário em que a criança já está acostumada. Ou dê algo para que ela coma antes de sair de casa.

E caso as dicas não funcionem e os pequenos comecem a ficar agitados, controle o barulho e o choro dos filhos. Se eles estiverem muito exaltados, leve-os para tomar um ar fora do restaurante até que se acalmem.

PERFIL WE, cada um tem o seu e nós temos as melhores dicas.

Perdeu a programação da semana?

Leia com exclusividade as dicas aqui no portal perfilwe.com.br e assista este e outros vídeos no canal YouTube.com/PerfilWE

 

Deixe uma resposta

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.