Esse post é para todas as meninas, moças e mulheres, sem distinção de idade. Pois essa tendência não sai do nosso guarda roupas há décadas e é uma herança da moda das mais femininas que conquistamos ao longo dos anos. Animal Print!

Até bem pouco tempo, a estampa de oncinha era vista por muitas pessoas como algo vulgar, de baixa qualidade. Só que nem sempre foi assim. Nos livros de história vemos exemplos claros do uso da pele. O ser humano usava peles de animais desde a pré-história para se proteger do frio e até se camuflar em suas caçadas. Na época dos grandes monarcas, reis e rainhas também gostavam de usar peles em suas vestes, ostentando a caça, como o homem pré-histórico. O tempo foi passando e o uso da pele foi sendo visto, cada vez mais, como uma ação ultrapassada e cruel; mas sua estampa continuou fazendo a cabeça de várias pessoas ligadas à moda.

De listras de tigre às manchinhas de onça, as estampas de grandes felinos sempre foram constantes no mundo da moda. O padrão de leopardo despontou como favorito. Foi, quando, na década de 1930, o filme “Tarzan, o Homem Macaco” foi um enorme sucesso lançado pela MGM. As roupas usadas por Johnny Weissmuller (Tarzan) e Maureen O’Sullivan (Jane), criaram a febre de estampas de leopardo. Blusas, casacos e cachecóis foram alguns dos itens feitos em estampas de animais durante esse tempo. Esses itens representavam a emoção e aventura da selva e uma independência de espírito especialmente incomum para representações de mulheres da época. Na década de 40, Christian Dior começou a usar a estampa em acessórios também, e o auge da mesma foi quando a estilista Elsa Schiaparelli criou o chapéu de leopardo.

Nos anos 50, 60 e 70, o animal print era um símbolo de elegância e quem fazia uso dessa estampa era considerado diferente, confiante de si e estiloso. Nos anos 80, o uso começou a ficar exagerado e começaram a surgir novas estampas, como a de cobra e zebra. Com todo esse exagero, nos anos 90, o animal print começou a ser malvisto e menos usado pelas pessoas. Mas, de 2000 até hoje, isso mudou e o animal print está presente desde  pequenos detalhes até em um look total como este que usei na gravação do Giro Perfil dessa semana. Para me alongar usei salto nude, a bolsa também nude para compor o look fez a diferença. Óculos escuros Chilli Beans arremata o “tchan” desse look com cabelo e make da equipe do Studio Flávia Estefânia.

Fotos: Perfil WE
Cabelo e Make: Flavia Estefânia

Vestido Animale . Salve Salve
Rua Delfim Moreira, 468, centro 3212-9985 / 9.9988.9342
Rua Delfim Moreira, 535 – loja 17, centro 3221.4534 / 9.9817.4101
Rua Dr José de Resende Pinto, 150, Vila Pinto (35) 3221-5393 / 9.9989.9112
Face: Salve Salve Loja

Bolsa . Carmen Steffens
Via Café Garden Shopping
35.3212.7745
Face: Carmen Steffens Varginha

Óculos . Chilli Beans Varginha
35.3221.0348
Via Café Garden Shopping
Rua Presidente Antônio Carlos, 665, centro – Varginha/MG
Facebook: Chilli Beans Varginha

 

DEIXE UMA RESPOSTA